I Congresso Sul Brasileiro de Biomedicina

Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

RELAÇAO DO VIRUS LINFOTROPICO DA CELULA T HUMANA TIPO 1 COM LEUCEMIA E LINFOMA DE CELULAS T DO ADULTO

Fundamentação/Introdução

O vírus linfotrópico da célula T humana (HTLV)
é um retrovírus transmissível por contato de célula com célula. Fatores genéticos e
imunológicos do hospedeiro são os principais responsáveis pelas manifestações clínicas
associadas, que podem ser divididas em três categorias: neoplásicas, inflamatórias e
infecciosas. Destacam-se a mielopatia associada ao HTLV (HAM/TSP) e a
leucemia/linfoma de células T do adulto (ATLL) como as primeiras doenças associadas
a este retrovírus. É descrito como causador de leucemias e linfomas de células T do
adulto (ATLL), forma grave desenvolvida na vida adulta, sem respostas a tratamentos
(quimioterapia)

Objetivos

Relacionar a ação do vírus HTLV no organismo humano como causador da leucemia e do ATLL.

Delineamento e Métodos

Trata-se
de uma revisão de literatura sistemática. As bases de dados utilizadas foram Scielo e
Pubmed. Foram selecionados 9 artigos, tendo como critérios de inclusão: artigos
científicos na língua inglêsa, espanhol e português publicados a partir de 2005, com os
descritores: HTLV and cancer, HLTV diagnosis e HTLV infection.

Resultados

O vírus possui tropismo por células T CD4+, induzindo a ativação das células T CD8+,
ocorrendo então, a diminuição do número de células infectadas e elevando citocinas
próinflamatórias. O provírus do HTLV-I integra de forma aleatória ao genoma das células
infectadas de maneira que a população celular expanda a ponto de ser detectada pela
monoclonalidade da transformação maligna, tendo em vista que a leucemia origina a
partir de uma única célula infectada. O baixo índice (1% - 5%) de desenvolvimento da
leucemia e do ATLL por indivíduos infectados pelo vírus, pode se dar pela a infecção
deter grande período de latência antes da apresentação dos primeiros sinais clínicos da
doença ATLL. Como intervalo de tempo entre infecção e sintomas varia de 20 a 30 anos,
as células infectadas combinadas com a imunossupressão do indivíduo infectado pelo
HTLV-I, acarretam no desenvolvimento da leucemia.

Conclusões/Considerações Finais

O vírus linfotrópico da célula T humana com a leucemia e o
linfoma de células T do adulto, estão diretamente relacionados com a imunossupressão
do indivíduo e a carga viral do mesmo. Tendo em vista que os linfócitos responsáveis
pela defesa do organismo contra o vírus são atingidos. Outro fator que colabora para o
desenvolvimento da leucemia e a longa fase de latência do vírus, e as dificuldades no seu
diagnóstico.

Referências

REFERENCIAS
1. PUCCIO, Francisco Bravo. VIRUS COMO INDUCTORES DE NEOPLASIAS CUTÁNEAS. Rev Peru Med Exp Salud Publica, [S. l.], n. 1, p. 79-84, 30 jan. 2013

2. BITTENCOURT , Achiléa L ; FARRÉ, Lourdes. Leucemia/linfoma de células T do adulto. Anais Brasileiros de Dermatologia, [S. l.], n. 83, p. 351-9, 30 jul. 2008

3. ROMANELL, Luiz Cláudio Ferreira; CARAMELLI, Paulo; PROIETTI, Anna Barbara de Freitas Carneiro. O vírus linfotrópico de células T humanos tipo I (HTLV-I): quando suspeitar da infecção?. Rev Assoc Med Bras, [S. l.], n. 56, p. 340-7, 10 fev. 2010.

4. TORRES, Héctor M. Díaz et al. Infecção pelo vírus linfotrópico de células T humanas tipo I em pacientes com distúrbios linfoproliferativos em dois locais sentinela em Cuba. Infecção pelo HTLV-I em pacientes com síndromes linfoproliferativas em dois locais sentinela de Cuba, [S. l.], n. 1, p. 01-10, 9 dez. 2008.

5. VIANA, Raça Maria de Castro et al. Association of HTLV-I with Arnold Chiari Syndrome and Syringomyelia. The Brazilian Journal of Infectious Diseases , [S. l.], n. 3, p. 536-537, 1 dez. 2008.

6. Rivera-Caldón CC, López-Valencia D, Zamora-Bastidas TO, Dueñas-Cuéllar RA, Mora-Obando DL. Infección por el virus linfotrópico humano de células T tipo 1 (HTLV-1) y paraparesia espástica. Avances y diagnóstico 35 años después de su descubrimiento. Iatreia. 2017 Abr-Jun;30(2):146-159

7. HERENCIA, Eduardo Gotuzzo et al. Veinte años de investigación sobre HTLV-1 y sus complicaciones médicas en el Perú: Perspectivas generales. Acta Med Per , [S. l.], n. 3, p. 196-203, 27 mar. 2010

8. ARRUDA, Bruna C. et al. Evaluation of real time PCR technique to diagnosis of human T-lymphotropic virus type I (HTLV-I) in patients in the Hematologia da Fundação Hemope Hospital, in Northeastern Brazil. REVISTA BRASILEIRA DE HEMATOLOGIA E HEMOTERAPIA, [S. l.], n. 30, p. 384-389, 1 fev. 2008.

9. SALES, M.M. et al. Identification of clonally rearranged T-cell receptor beta chain genes in HTLV-I carriers as a potential instrument for early detection of neoplasia. Brazilian Journal of Medical and Biological Research, [S. l.], n. 38, p. 695-704, 9 mar. 2005.

Palavras-chave

HTLV, leucemia, linfoma de células T do adulto.

Área

Tema livre

Autores

Vanesssa Oliveira Lopes de Moura, Laura Silva Sousa, Alexia Jesus Araujo, Hanstter Hallison Alves Rezende